Filho de dono de emissora atropela e mata 2 pessoas após bebedeira – O rapaz foi liberado após pagar uma fiança de R$ 500 mil

Giovanni Maiorana comemorava com amigos, incluindo o humorista Gominho, bebeu e saiu pelas ruas dirigindo um carro luxuoso

O empresário Giovanni Chaves Maiorana, vice-presidente e filho do dono da TV Liberal, atropelou três e matou duas pessoas no Bairro de São Brás, em Belém, na madrugada desta quinta-feira (27/9). De acordo com o apresentador Leo Dias, do programa Fofocalizando, o artista Gominho esteve com Giovanni, de 19 anos, antes da tragédia.

Os amigos se encontraram num bar na capital paraense e se embriagaram. Nas redes sociais, Gominho publicou uma série de vídeos e fotos com Giovanni, mas a família do empresário pediu para ele apagar os registros pela manhã. Conforme Dias, o humorista não tinha conhecimento da gravidade do ocorrido, por isso deletou os arquivos do Instagram.

publicidade:

Uma das pessoas atropeladas tinha somente 19 anos e, segundo Dias, assim como as outras vítimas, a garota estava andando na rua. Além de atingir os civis, o empresário colidiu com cinco carros, no mínimo. Giovanni foi preso em flagrante após bater seu automóvel luxuoso em um poste. Dentro dele, foram encontradas latas de cerveja e garrafas de bebida alcoólica.

O empresário foi encaminhado para fazer exame de dosagem alcoólica no Instituto Médico Legal (IML), mas se recusou. Levado à delegacia, Giovanni pagou fiança de R$ 500 mil e acabou sendo liberado, mas responderá pelos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa.

Em vídeo exibido por Leo Dias durante o vespertino, uma mãe das vítimas se revolta contra o episódio e clama por justiça. Gominho, no meio disso tudo, pode ser acusado de ocultação de provas por ter deletado os registros em que surge com Giovanni na internet.

publicidade:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*